NOTÍCIAS

CBA lança programa de apoio à gestão pública em Alumínio

17 de julho de 2017

Em parceria com a Prefeitura, o AGP visa fortalecer os municípios onde as empresas da Votorantim estão inseridas

A Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) traz ao município de Alumínio o Programa Apoio à Gestão Pública (AGP), iniciativa idealizada pelo Instituto Votorantim e BNDES, com execução realizada pela GeoBrasilis, consultoria que, entre outras especialidades, executa planejamentos estratégicos e de gestão ambiental.
 
Desde o início, o AGP desenvolve-se visando apoiar a modernização de administrações públicas e melhorar as infraestruturas municipais. O objetivo é fortalecer os municípios onde as empresas da Votorantim estão presentes, tornando-os mais independentes e protagonistas de seu próprio desenvolvimento.
 
Em Alumínio, o programa apoiará a prefeitura em dois desafios: desenvolvimento do Plano Plurianual e Plano Diretor Participativo, dois pilares do AGP que ocorrem simultaneamente.
 
O Plano Diretor Participativo consiste em um planejamento urbano e territorial, que tem como finalidade definir o crescimento e o funcionamento da cidade. O Plano Plurianual consiste na orientação orçamentária do município a partir de diretrizes, objetivos e metas para as prioridades de investimentos.
 
A primeira etapa dos projetos consiste na realização do diagnóstico da situação de Alumínio, a partir da leitura técnica associada à comunidade. A população é convidada a participar das reuniões que acontecerão entre os dias 17 e 20 de julho. Nestes encontros, serão discutidos assuntos de infraestrutura urbana, meio ambiente, desenvolvimento econômico e desenvolvimento social.
 
Todas as dinâmicas são voltadas à comunidade, uma vez que o diagnóstico será elaborado a partir da visão da população aluminense, ou seja: como o município é visto atualmente, como podem contribuir para o seu desenvolvimento e como desejam que Alumínio esteja em 2027.
 
Além das reuniões, a comunidade poderá contribuir também através do site dedicado aos projetos,planejandoaluminio.wixsite.com/aluminio, respondendo questões relativas ao futuro da cidade para os próximos 10 anos. O site possui ainda a agenda de encontros e informações essenciais para entender como funciona o AGP.
 
Uma vez que o Plano Diretor Participativo é criado, torna-se lei municipal, por isso todo o seu processo é acompanhado por representantes da Câmara Municipal.
 
Já o Plano Plurianual, renovado a cada quatro anos, diz respeito aos recursos do município, a verba que será destinada para cada ação, de acordo com as prioridades da cidade. Isto é, no Plano Diretor Participativo são traçadas as diretrizes para o futuro, a partir dos olhos da comunidade, e no Plano Plurianual, o orçamento dessas atividades.
 
O projeto, que está presente em mais de 20 municípios, gera, ao longo dos anos, maior eficiência para administrar recursos públicos e mais investimentos em serviços para a população.
 
“A CBA e seus parceiros acreditam que o AGP auxiliará as empresas e a população de Alumínio a evoluírem com sinergia, contribuindo para a transformação de um ambiente onde todos ganham”, diz Alan Ferreira da Costa, consultor de Comunicação e Responsabilidade Social da CBA.
Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Fabio Schvartsman participa de evento corporativo em São Paulo

16 de abril de 2018

O diretor-presidente da Vale, Fabio Schvartsman, participou, no dia 10 de abril, do Itaú Macro Vision, evento voltado para o…

LEIA MAIS

Inscrições abertas para submissão de trabalhos na Minexcellence 2019

10 de setembro de 2018

O 4º Seminário Internacional de Excelência Operacional em Mineração (Minexcellence 2019) será realizado em Santiago, no Chile, entre os dias…

LEIA MAIS

MINÉRIO DE FERRO: Preço tem leve alta no mercado futuro

1 de novembro de 2017

O contrato mais negociado no mercado futuro de minério de ferro, na China, com vencimento em janeiro de 2018, passou de 428 para 429,5 iuanes, ou US$ 65,09 a tonelada, de acordo com o câmbio.

LEIA MAIS