NOTÍCIAS

Comitê Técnico ISO/TC 183 (Minérios e concentrados de cobre, chumbo, zinco e níquel) realiza reuniões internacionais

9 de dezembro de 2021

Com participação virtual de especialistas das Américas, Europa, Ásia e Oceania, o Comitê Técnico ISO/TC 183 (Minérios e concentrados de cobre, chumbo, zinco e níquel) realizou nos dias 18 e 23 de novembro as reuniões previstas para os grupos de trabalho (WG), grupos de estudo (SG) e Ad-hoc (AHG). Os participantes discutiram os trabalhos realizados ao longo dos últimos dois anos.

Mesmo em condições desafiadoras para todos os participantes devido à pandemia da COVID-19 e a diferença de fuso horário, a Delegação Brasileira marcou presença nas plenárias. Uma parte do grupo da ABNT/CEE-081 reuniu-se na sede do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), em Belo Horizonte, e parte em seus postos de trabalho ou home office, num horário desafiador, das 6h às 8h.

Os encontros contaram com quase 50 participantes, sendo 11 da Austrália, 8 do Brasil, 12 da China, 14 do Japão, 01 da Holanda e 02 de Portugal.

Delegação Brasileira: Rejane Carvalho (IBRAM), Arnaldo Borges (IBRAM), Suzilei Silva (Vale/CDM), Bráulio Pessoa (ITAK), Márcio Castilho (KYMI), Reinaldo Novaes (FLSMIDTH), Eugênio Oliveira (Vale/Salobo), Daniela Sedraz (Vale/Salobo).

Para garantir a participação ativa nos projetos de normas internacionais de amostragem, testes  físicos e análises químicas dos metais de interesse na valoração das cargas (cobre, níquel, ouro e prata, principalmente), como também dos contaminantes que penalizam o faturamento, o IBRAM/CONIM se esmerou na gestão dos trabalhos da ABNT/CEE-081, reunindo sistematicamente os especialistas dentro do calendário anual definido e em reuniões extra, para temas específicos, realizando os votos no devido tempo, suportando o envio de relatórios, documentos e amostras para os ensaios interlaboratoriais.

Toda a agenda de trabalhos manteve foco nas necessidades do mercado de cobre e níquel para os produtores brasileiros visando prover normas técnicas atualizadas para a caracterização da qualidade dos produtos, de forma a ancorar os contratos comerciais vigentes e evitar barreiras técnicas.

Seguem, na tabela 1, os grupos de trabalho (WG) e grupos de estudos (SG) em atividade, bem como os projetos em desenvolvimento, os líderes de projeto (Convener) e os especialistas brasileiros responsáveis. Vale ressaltar que as normas são desenvolvidas em trabalho colaborativo, com várias etapas de contribuição e de aprovação pelos participantes, buscando sempre o consenso entre as partes interessadas.

Todos os projetos apresentados foram previamente discutidos através de reuniões técnicas preparatórias, nos grupos de trabalho da CEE-081, o que assegurou mais uma vez o devido alinhamento e a defesa das posições técnicas e estratégicas definidas pelo Brasil.  A próxima reunião deste Comitê da ISO será no Brasil, de forma presencial.

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Participe do I Seminário de Mineração e Meio Ambiente da Bahia

19 de setembro de 2018

Estão abertas as inscrições para o “I Seminário de Mineração e Meio Ambiente da Bahia”. O evento será realizado entre…

LEIA MAIS

Votorantim Cimentos mobiliza população de Nobres (MT) a incentivar a leitura

5 de novembro de 2018

O programa Parceria Votorantim pela Educação (PVE) chega ao quarto ciclo de atividades em Nobres (MT). A iniciativa, inédita no…

LEIA MAIS

Julio Nery é nomeado diretor de Sustentabilidade e Assuntos Regulatórios do IBRAM

28 de janeiro de 2020

O Conselho Diretor do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM) aprovou a nomeação de Julio Cesar Nery Ferreira para assumir cargo de diretor…

LEIA MAIS