NOTÍCIAS

Norma ABNT NBR ISO 6352:2021 que determina o teor do níquel é publicada

2 de agosto de 2021

Figura 1:  Limalhas. Crédito: Wikipédia                                                                           Figura 2 . Precipitado de níquel- dimetilglioxima.Disponível em:< 3.https://ru.wikipedia.org/wiki/%D0%A4%D0%B0%D0% B9%D0%BB:Ni(dmg)2.JPG> Acesso em 27 de jul.2021

 

Adotar normas internacionais da ISO, como norma nacional ABNT NBT ISO, demanda grande esforço por parte da ABNT/CEE-081 (Comissão de Estudos Especiais de Minérios, Concentrados e Produtos Primários de Cobre e Níquel), cuja secretaria técnica é do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM).

O primeiro passo requer uma definição de prioridades pelos usuários brasileiros sobre quais normas traduzir e adotar. O próximo passo recai na definição da equipe da Comissão que participará das reuniões para tradução da norma. Na etapa de tradução, a fidelidade ao conteúdo da norma original, e a observação de vocabulário de termos técnicos estabelecido pela ABNT precisam ser rigidamente seguidos bem como a aplicação do conhecimento adquirido e a utilização de terminologia específica para métodos analíticos brasileiros.

Antes de ser publicada, a nova norma a ser adotada precisa ser oficialmente aprovada em reunião ordinária da CEE-081, para finalmente ser analisada e aprovada pela equipe da ABNT.

Trata-se, portanto, de trabalho muito importante, que requer experiência técnica no desenvolvimento dos métodos analíticos, conhecimento da estrutura das normas ABNT NBR ISO, domínio dos idiomas inglês e português e expertise no conteúdo específico de cada norma.

Segundo o Coordenador da CEE-081, Eng. Arnaldo Borges, a publicação da Norma para análise de Níquel em Ferroníquel (fig.1) por Dimetilglioxima (fig.2 e 3), garante ao setor, a aplicação de um método primário, de referência, para situações específicas tais como: i) casos de divergência de resultados em transações comerciais, ii)análises de Ferroníquel para produção de materiais de referência (MR) e materiais de referência certificados (MRC), utilizados na calibração de equipamentos para análise instrumental e controle da qualidade analítica; iii) confirmação do teor de níquel em casos de dúvidas quanto à performance de outros métodos analíticos aplicados.

Esta norma encontra-se disponível no portal da ABNT (ABNT catálogo ou ABNT Coleção), para os usuários brasileiros das empresas produtoras e consumidoras de Ferroníquel, bem como dos laboratórios comerciais prestadores de serviços para o setor.

Figura 3. Estrutura molecular.Disponível em:< 1 https://commons.wikimedia.org/wiki/File:NIMGLO12.png > acesso em 27 de jul.2021

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Anglo American investe na recuperação de nascentes de rios brasileiros e na preservação de matas protegidas

14 de junho de 2021

Com o objetivo de promover o desenvolvimento sustentável dos municípios e estados onde atua no Brasil, a mineradora Anglo American está realizando…

LEIA MAIS

Abertas inscrições do Programa Aprendiz da AngloGold Ashanti em Nova Lima (MG)

8 de agosto de 2019

São 60 vagas, das quais 20 exclusivas para pessoas com deficiência (PCD). Os cursos disponíveis são de operador de mina…

LEIA MAIS

31 de julho: prazo final para inscrições com desconto no Congresso Brasileiro de Mineração

22 de julho de 2022

Estão abertas as inscrições para interessados em participar das palestras e debates que serão realizados durante a Expo & Congresso Brasileiro…

LEIA MAIS