NOTÍCIAS

O setor mineral brasileiro tem potencial para crescer de forma muito mais acelerada do que ocorreu nos últimos anos, diz secretário Pedro Paulo Dias da SGM/MME

10 de dezembro de 2021

Segurança jurídica, sustentabilidade, disseminação de conhecimento e captação de recursos e financiamento para a mineração do Brasil. Esta é a base do projeto do governo federal nos próximos anos. O tema foi apresentado pelo Secretário de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia (MME), Pedro Paulo Dias Mesquita, durante o evento “CBPM e IBRAM convidam”, realizado nesta sexta-feira, 10/12, em Salvador.

O encontro organizado pela Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM), em parceria com o Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), também contou com a participação do vice-governador do Estado da Bahia, João Felipe de Souza Leão, do presidente da CBPM, Antonio Carlos Tramm, do diretor-presidente do IBRAM, Flávio Penido.

O presidente da CBPM destacou a importância da mineração para a economia baiana, principalmente com a arrecadação de tributos de da CFEM (Compensação Financeira pela Exploração Mineral), e a relevância da atividade mineral para o desenvolvimento da sociedade. “A presença da mineração não está relacionada apenas à CFEM. É na vida do município. A atividade é a grande empregadora dos municípios; muitas vezes emprega mais do que 90% dos moradores da cidade. Isso cria uma circulação, já que as pessoas consomem no comércio local, na escola, na clínica. O setor mineral paga em torno de três vezes mais do que outras atividades. 80% a 90% das obras das empresas da mineração são feitas em benefício dos municípios. É muito importante esse esforço direto que a mineração faz para ajudar o desenvolvimento das comunidades e este faturamento indireto geralmente não é contabilizado”, disse Tramm.

CBPM e IBRAM convidam – crédito: divulgação

Outro tema debatido durante o evento foi a importância dos investimentos em pesquisas. Flávio Penido destacou que a Bahia foi o estado que mais investiu em pesquisas, entre 2017 e 2020, R$1,4 bilhão, seguido por Minas Gerais, Goiás e Pará. “Esse investimento tão grande em pesquisa sinaliza o que vamos ter no futuro em termos de mineração. Certamente o país vai despontar, cada vez mais, como um grande produtor de commodities minerais’’.

Durante sua palestra “As perspectivas de investimento no setor de mineração brasileiro” o secretário Pedro Paulo Dias Mesquita destacou o Plano Nacional de Mineração 2020/2050, a importância da transição energética, políticas públicas para o setor e captação de recursos e investimentos. “O setor mineral brasileiro tem potencial para crescer de forma muito mais acelerada do que ocorreu nos últimos anos. Aquele movimento de crescimento rápido que acompanhamos em alguns países como Canadá, Austrália, Chile, tem tudo para ocorrer no Brasil, agora de forma mais pronunciada”, disse.

Para o secretário, “o país tem um relevante potencial mineral, importantes reservas de minerais essenciais para a evolução das energias renováveis. Temos uma das matrizes energéticas mais ricas do mundo e conhecimento científico e tecnológico para desenvolver processos assim como uma indústria bastante diversificada e um amplo mercado de consumidores. Vemos nos últimos anos um maior interesse de investidores no mercado de capitais brasileiros e temos um ciclo de modernização e aprimoramento regulatório contínuo”, disse.

O evento foi transmitido pelo Canal do  Youtube da CBPM e a gravação está disponível no link: https://www.youtube.com/watch?v=c7A1lTB9xhk

10

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Vale anuncia a venda dos seus ativos de nitrogenados e fosfatado em Cubatão à Yara

21 de novembro de 2017

A Vale informa que celebrou um acordo de compra de cotas com Yara International ASA, empresa listada na Bolsa de…

LEIA MAIS

CADE aprova compra da Ferrous pela Vale

3 de junho de 2019

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a aquisição do controle acionário da mineradora Ferrous…

LEIA MAIS

CBMINA: especialistas debatem a evolução da legislação de barragens na mineração

3 de maio de 2021

Os métodos de monitoramento e a implantação de medidas de segurança de barragens pelo setor mineral brasileiro avançaram consideravelmente nos…

LEIA MAIS