NOTÍCIAS

Produção mineral cresce 14% em toneladas no 3º trimestre

8 de novembro de 2021

O Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM) compilou novos dados sobre a indústria da mineração brasileira em 2021. No 3º trimestre de 2021 (3T21), a produção mineral em toneladas cresceu 14% em comparação com o 2T21, segundo estimativas do IBRAM.

Em termos de faturamento, na comparação com o 3T20, houve elevação de 114% no 3T21, de acordo com dados da Agência Nacional de Mineração. O crescimento em faturamento mais expressivo foi o do minério de ferro: 167% em comparação com o 3T20. 

As exportações no 3T21 cresceram 72,5% em comparação ao 3T20 (de US$ 10,7 bilhões para US$ 18,4 bilhões) e o saldo mineral foi equivalente a 81% do saldo comercial do Brasil no 3T21. Em toneladas exportadas, no entanto, o volume foi 3,4% menor do que no 3º trimestre de 2020: de 107,3 milhões de toneladas para 103,7 milhões.

Na EXPOSIBRAM 2021, o IBRAM apresentou dados do setor mineral brasileiro referentes a janeiro-agosto. Agora, ao adicionar informações referentes ao mês de setembro, o Instituto divulga os dados referentes ao 3º trimestre do ano.

As exportações totais do setor mineral do 1º ao 3º trimestre de 2021 totalizam US$ 46 bilhões, 84% maiores do que no mesmo período de 2020 (US$ 25 bilhões). Foram 278 milhões de toneladas de produtos minerais exportados, total 7% maior do que no mesmo período de 2020 (261 milhões de toneladas). As exportações totais do setor mineral em 2020 foram de US$ 36,8 bilhões e 358 milhões de toneladas.

As exportações de minério de ferro de 2021 já são 110% maiores do que no mesmo período de 2020. Nos 1º, 2º e 3º trimestres de 2021 totalizam US$ 36,5 bilhões, e, no mesmo período de 2020, US$ 17,4 bilhões. Em toneladas, as exportações aumentaram 8%: 267 milhões de toneladas nos três trimestres deste ano, ante 248 milhões de toneladas no mesmo período de 2020.

Mineradoras recolhem 116% a mais em tributos

O aumento de faturamento no 3º trimestre de 2021 refletiu em mais recolhimento e tributos e de encargos pelo setor mineral. A elevação foi de 116% em tributos gerais: de R$ 17,3 bilhões no 3º trimestre de 2020 para R$ 37,5 bilhões no 3º trimestre de 2021. Em relação à CFEM, compensação pela produção mineral ou royalty, o aumento foi de 128,5%: de R$ 1,4 bilhão para R$ 3,3 bilhões.

Em relação à CFEM, Minas Gerais teve aumento maior, tanto em relação ao 2T21 (30%) quanto ao 3T20 (155,5%). Demais estados também registraram aumento no recolhimento de royalty pelas mineradoras no 3º trimestre de 2021 na comparação com igual período de 2020. O Pará teve aumento de 129,6% e o Mato Grosso de 88,6%.

US$ 41,3 bilhões em investimentos

As mineradoras, segundo apurou o IBRAM, anunciam previsão de investir US$ 41,3 bilhões até 2025. Deste total, cerca de US$ 6 bilhões serão direcionados a projetos socioambientais. 

Em termos de empregos, o IBRAM – com base em dados oficiais – apurou que de janeiro a agosto de 2021 foram geradas 14.104 vagas, totalizando quase 197 mil empregos diretos no setor.

A íntegra do estudo pode ser acessada no site do IBRAM

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



IBRAM realiza pesquisa sobre o que o público gostaria de ver na próxima edição da EXPOSIBRAM

29 de outubro de 2018

O que você gostaria de sugerir para a próxima edição da  Expo & Congresso Brasileiro de Mineração (EXPOSIBRAM)? Considerada a principal vitrine…

LEIA MAIS

MCTIC lança consulta pública sobre Plano de Ação em Ciência, Tecnologia e Inovação para Minerais Estratégicos

1 de outubro de 2018

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) lançou na última quinta-feira (27) consulta pública sobre o Plano de…

LEIA MAIS

Votorantim Cimentos lança Banco de Talentos de Diversidade

27 de outubro de 2020

A Votorantim Cimentos, empresa líder do setor de materiais de construção, lança seu primeiro Banco de Talentos de Diversidade, com…

LEIA MAIS