NOTÍCIAS

Produção mineral cresce 14% em toneladas no 3º trimestre

8 de novembro de 2021

O Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM) compilou novos dados sobre a indústria da mineração brasileira em 2021. No 3º trimestre de 2021 (3T21), a produção mineral em toneladas cresceu 14% em comparação com o 2T21, segundo estimativas do IBRAM.

Em termos de faturamento, na comparação com o 3T20, houve elevação de 114% no 3T21, de acordo com dados da Agência Nacional de Mineração. O crescimento em faturamento mais expressivo foi o do minério de ferro: 167% em comparação com o 3T20. 

As exportações no 3T21 cresceram 72,5% em comparação ao 3T20 (de US$ 10,7 bilhões para US$ 18,4 bilhões) e o saldo mineral foi equivalente a 81% do saldo comercial do Brasil no 3T21. Em toneladas exportadas, no entanto, o volume foi 3,4% menor do que no 3º trimestre de 2020: de 107,3 milhões de toneladas para 103,7 milhões.

Na EXPOSIBRAM 2021, o IBRAM apresentou dados do setor mineral brasileiro referentes a janeiro-agosto. Agora, ao adicionar informações referentes ao mês de setembro, o Instituto divulga os dados referentes ao 3º trimestre do ano.

As exportações totais do setor mineral do 1º ao 3º trimestre de 2021 totalizam US$ 46 bilhões, 84% maiores do que no mesmo período de 2020 (US$ 25 bilhões). Foram 278 milhões de toneladas de produtos minerais exportados, total 7% maior do que no mesmo período de 2020 (261 milhões de toneladas). As exportações totais do setor mineral em 2020 foram de US$ 36,8 bilhões e 358 milhões de toneladas.

As exportações de minério de ferro de 2021 já são 110% maiores do que no mesmo período de 2020. Nos 1º, 2º e 3º trimestres de 2021 totalizam US$ 36,5 bilhões, e, no mesmo período de 2020, US$ 17,4 bilhões. Em toneladas, as exportações aumentaram 8%: 267 milhões de toneladas nos três trimestres deste ano, ante 248 milhões de toneladas no mesmo período de 2020.

Mineradoras recolhem 116% a mais em tributos

O aumento de faturamento no 3º trimestre de 2021 refletiu em mais recolhimento e tributos e de encargos pelo setor mineral. A elevação foi de 116% em tributos gerais: de R$ 17,3 bilhões no 3º trimestre de 2020 para R$ 37,5 bilhões no 3º trimestre de 2021. Em relação à CFEM, compensação pela produção mineral ou royalty, o aumento foi de 128,5%: de R$ 1,4 bilhão para R$ 3,3 bilhões.

Em relação à CFEM, Minas Gerais teve aumento maior, tanto em relação ao 2T21 (30%) quanto ao 3T20 (155,5%). Demais estados também registraram aumento no recolhimento de royalty pelas mineradoras no 3º trimestre de 2021 na comparação com igual período de 2020. O Pará teve aumento de 129,6% e o Mato Grosso de 88,6%.

US$ 41,3 bilhões em investimentos

As mineradoras, segundo apurou o IBRAM, anunciam previsão de investir US$ 41,3 bilhões até 2025. Deste total, cerca de US$ 6 bilhões serão direcionados a projetos socioambientais. 

Em termos de empregos, o IBRAM – com base em dados oficiais – apurou que de janeiro a agosto de 2021 foram geradas 14.104 vagas, totalizando quase 197 mil empregos diretos no setor.

A íntegra do estudo pode ser acessada no site do IBRAM

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Votorantim Cimentos lança Banco de Talentos de Diversidade

27 de outubro de 2020

A Votorantim Cimentos, empresa líder do setor de materiais de construção, lança seu primeiro Banco de Talentos de Diversidade, com…

LEIA MAIS

Dirigentes do IBRAM debatem futuro do setor no seminário Mineração &/X Comunidades

6 de outubro de 2020

Flávio Penido, diretor-presidente do IBRAM, Wilson Brumer, Presidente do Conselho do IBRAM, e Rinaldo Mancin, diretor de Relações Institucionais do…

LEIA MAIS

Juristas e empresários vão debater nova legislação do setor mineral

28 de outubro de 2019

A legislação da indústria da mineração, tanto a brasileira quanto a de outros países mineradores, será amplamente debatida durante a…

LEIA MAIS