NOTÍCIAS

Ferrovias da Vale podem ser úteis à Petrobras

26 de abril de 2012

rnAs ferrovias da Vale poderão ser úteis para que a Petrobras amplie seu acesso ao interior do Brasil, afirmou nesta quinta-feira o presidente da  mineradora, Murilo Ferreira, durante teleconferência com jornalistas

rn

As ferrovias da Vale poderão ser úteis para que a Petrobras amplie seu acesso ao interior do Brasil, afirmou nesta quinta-feira o presidente da  mineradora, Murilo Ferreira, durante teleconferência com jornalistas. 

rn

 A declaração foi feita em resposta à indagação sobre memorando de entendimentos assinado recentemente entre as duas maiores companhias do país – no protocolo, não havia detalhes dos acordos. 

rn

 Ferreira lembrou que a Vale está duplicando a Estrada de Ferro Carajás. A ferrovia Norte-Sul também poderia ser aproveitada, segundo sinalizou o executivo. 

rn

 O acordo entre Vale e Petrobras deve contemplar ainda o uso de portos da maior produtora de minério de ferro do mundo, em troca de prioridade no abastecimento de gás produzido pela petroleira, disse uma fonte à Reuters.

rn

rn

Outro projeto que pode atender aos interesses das  duas companhias é o de produção de terras-raras. A Vale poderá ter como garantia de investimentos na exploração dos compostos minerais um contrato de longo prazo com a estatal, que atualmente importa 100 por cento das suas necessidades da China para o refino de gasolina. 

rn

 Ferreira afirmou que a Vale continua realizando a  exploração das reservas de terras-raras, herdadas com a compra da Bunge. 

rn

ÁSIA 

rn

 A mineradora Vale informou ainda que cobrirá suas necessidades de transporte a partir de navios gigantes com centros de distribuição na Ásia, disse na mesma ocasião o diretor de Metais Ferrosos da companhia, José Carlos Martins. 

rn

 Os centros de distruição são uma alternativa encontrada pela Vale para driblar a dificuldade de atracar os meganavios nos portos da China. 

rn

 A partir dos centros de distribuição, o minério de ferro é transportado para embarcações menores que podem atracar nos portos chineses sem problemas. 

rn

rn

 

Fonte: O Globo

Compartilhe:

LEIA TAMBÉM



Serabi aumenta reservas de ouro em 31%

12 de dezembro de 2017

A Serabi Gold disse ontem (11) que a nova estimativa de reservas minerais provadas e prováveis para as minas de…

LEIA MAIS

Belo Horizonte receberá seminário sobre Barragens de Rejeitos

22 de outubro de 2018

As barragens de rejeito estarão em foco na segunda edição do Seminário UK-Brazil Mining Forum. O evento será realizado em Belo…

LEIA MAIS

Samarco: os três anos do rompimento de Fundão

5 de novembro de 2018

O rompimento da barragem de Fundão completa 3 anos. Uma realidade que faz parte da jornada da Samarco. O dia…

LEIA MAIS